América Latina e Ásia-Pacífico têm maior número de redes LTE em planejamento

As primeiras implantações de redes 4G aconteceram na Suécia e na Finlândia, mas as regiões da América Latina e os países emergentes da Ásia-Pacífico têm o maior número de redes LTE planejadas, segundo a Analysys Mason. A figura abaixo, com dados de julho deste ano, mostra que a América Latina tem 32 redes em planejamento e a região emergente da Ásia-Pacífico, que conta com países como Índia, Malásia e Nepal, tem 35 redes nessa situação.

Fonte: Analysys Mason

A forte adoção do LTE na América Latina e na Ásia-Pacífico deixará o mercado de 4G mais equilibrado em 2018, e países como Brasil, Índia e Rússia serão responsáveis por 5% das conexões LTE do mundo. Nos países da Ásia-Pacífico, espera-se que as operadoras implantem redes FD-TD-LTE. Nessa região, já existem dez redes com ambas as tecnologias em operação.

A consultoria também apurou que 59 testes com redes 4G estavam em progresso em julho de 2013. Esse número inclui testes múltiplos de uma única operadora que estavam começando e podem não se transformar em redes operacionais. A expectativa, no entanto, é de que a maioria resulte em implantações comerciais nos próximos dois anos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.