Publicidade
Início Newsletter Nokia pausa atuação na O-RAN Alliance por presença de empresas chinesas

Nokia pausa atuação na O-RAN Alliance por presença de empresas chinesas

Foto: Pixabay

A Nokia paralisou as atividades técnicas na O-RAN Alliance (um dos principais fóruns para especificações do Open RAN) por conta da presença de empresas chinesas incluídas na Lista de Entidades dos Estados Unidos, que bane companhias do país asiático consideradas “inseguras”.

A informação foi revelada pelo portal Politico. Em comunicado, a fornecedora finlandesa classificou a situação como temporária, uma vez que a atuação ao lado de companhias banidas pelos norte-americanos poderia motivar sanções.

“O compromisso da Nokia com o Open RAN e a O-RAN Alliance – na qual fomos o primeiro grande fornecedor a aderir – continua forte“, afirmou a empresa. “Nesta fase, estamos simplesmente interrompendo a atividade técnica, pois alguns participantes foram adicionados à Lista de Entidades dos EUA e é prudente para nós permitir que a aliança analise e chegue a uma resolução”.

Notícias relacionadas

Os pivôs da decisão seriam os fabricantes chinesas de semicondutores Kindroid e Phytium, presentes na lista, além da empresa de servidores Inspur, que é um dos objetos de ordem executiva recente dos EUA contra investimentos em tecnologia chinesa de ponta.

O Open RAN busca padrões abertos e interoperáveis para redes móveis de acesso, levando à diversificação de fornecedores da cadeia. Além da O-RAN Alliance, outros órgãos como o Telecom Infra Project (TIP) e a Open RAN Policy Coalition também trabalham com o novo modelo.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sair da versão mobile