Metas de cobertura devem ser por serviço, não por tecnologia, diz Valim

As operadoras móveis brasileiras parecem estar unidas quando o assunto são as futuras metas de cobertura do leilão de 700 MHz. Depois do presidente da Claro, Carlos Zenteno, foi a vez do CEO da Oi, Francisco Valim, defender que as obrigações sejam por serviço e não por frequência ou tecnologia. "Não contribui haver sobreposição de metas", declarou o executivo durante o 56º Painel Telebrasil, na manhã desta quinta-feira, 30, em Brasília. Valim espera que a faixa de 700 MHz ajude principalmente na cobertura de quarta geração (4G) fora das grandes cidades, por ter um alcance mais estendido, em razão de ser uma frequência mais baixa.

O presidente da Oi disse que a empresa ainda não escolheu seus fornecedores para a rede 4G em 2,5 GHz, que precisa estar pronta nas cidades-sede da Copa das Confederações até o fim de abril de 2013. "Estamos no meio do processo de RFP (request for proposal)", explicou.

Dumb pipe

A respeito do crescimento do tráfego de dados e da queda na margem de lucro das operadoras móveis, Valim disse: "No futuro, com a avalanche de dados, enquanto telecom for vista como dumb pipe, a conta não vai fechar". O executivo entende que a demanda do público está mudando, o que exige também uma mudança no modelo comercial e na precificação dos planos. Sobre o projeto de Marco Civil da Internet, Valim entende que na última versão do documento ainda não está claro como as redes serão remuneradas.

PNBL

Sobre a intenção do governo federal de ampliar para 10 Mbps a velocidade de acesso do Plano Nacional de Banda Larga (PNBL) no futuro, Valim comentou: "Não é fácil, pois os PNBL precisa chegar a cidades distantes e requer infraestrutura robusta de backbone, além de um bom backhaul dentro das cidades. Nenhuma operadora consegue fazer isso sozinha".

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.