Novela sobre venda da Nortel não acabou

A conturbada venda das áreas de LTE e CDMA da Nortel ainda não teve um ponto final. Embora a corte de falências norte-americana que coordenava o caso anunciou a Ericsson como vencedora do leilão, após uma proposta de US$ 1,13 bilhão, novos capítulos podem acontecer. Segundo o site Rethink Wireless (www.rethink-wireless.com) ninguém sabe dizer ao certo quantas patentes dessas tecnologias a Ericsson levou junto com a compra. Do total de 5,5 mil patentes, um advogado da Nortel teria dito que apenas 125 fazem parte do pacote comprado pela Ericsson. Outro advogado informou que seriam 600. Enquanto isso, a RIM, que foi proibida de participar do leilão porque se recusou a assinar um termo de confidencialidade exigido pela Nortel, diz que continua interessada em adquirir patentes de LTE da empresa. Segundo Rethink Wireless, essas patentes poderiam ajudar a RIM a sair na frente dos concorrentes no desenvolvimento de aparelhos para LTE.
Paralelamente, existe ainda o risco de o governo canadense intervir na venda da Nortel, estimulado pela RIM e por aposentados da fabricante de infraestrutura que temem a ocorrência de problemas no pagamento de aposentadorias e pensões após a venda para a Ericsson.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.