Vésper é advertida por superintendência da Anatel

A Vésper foi advertida nesta segunda, 29, pela superintendência de serviços privados da Anatel por não obedecer às restrições de mobilidade estabelecidas em sua licença de telefonia fixa. A advertência ocorreu no mesmo dia em que, pelo mesmo motivo, a Justiça concedeu liminar à Telemig Celular e Amazônia Celular proibindo a comercialização do Vésper Portátil na área I.
A superintendência considerou que os indícios apresentados pelas denúncias de outras empresas caracterizavam prestação de serviço móvel celular. "A Anatel chamou a Vésper para dizer que eles terão que suspender o serviço da forma como está sendo prestado", explicou Jarbas Valente, superintendente de serviços privados da agência. A superintendência de serviços públicos também terá que se manifestar e, enquanto isso, um Pado (Processo de Apuração de Descumprimento de Obrigações) foi aberto para investigar se de fato há irregularidade na prestação do serviço da espelho. Segundo Jarbas Valente, a Telesp Celular, a Telemig Celular, a Telemar e a ABTN (associação de empresas de trunking) apresentaram denúncias contra a Vésper.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.