Telefonia fixa tem queda de 0,8% no número de linhas ativas em março

Foto: Pixabay

Os dados da Anatel divulgados nesta sexta-feira, 30, mostram que o número de acessos do serviço de telefonia fixa caiu 0,8% em março quando comparamos com o mês de fevereiro. Isso dá um total de 231.630 linhas ativas de telefone a menos em março. Comparado com março de 2020, a queda foi de 7,0%, totalizando em um ano 2,2 milhões de linhas telefônicas a menos em um ano. Março de 2021 fechou com 30,3 milhões de linhas ativas. As concessionárias somam 15,9 milhões de linhas e as autorizações somam 14,4 milhões. A Vivo fechou o mês com 8,6 milhões de acessos de STFC, em um movimento de queda acentuado desde dezembro, quando perdeu a segunda colocação no mercado de telefonia fixa para a Claro, que fechou março com 8,9 milhões (praticamente estável). A Oi ainda é a líder de mercado com 9,4 milhões de assinantes.

A densidade, linhas ativas a cada 100 habitantes, seguiu o fluxo de queda, caindo 0,8% e março. Em fevereiro, existiam 43,2 linhas ativas a cada 100 habitantes. Em março, este número foi de 42,9%. A diferença anual, quando comparamos com março de 2020, foi de 7,7% a menos de linhas ativas. Em março de 2020, a densidade era de 46,5 linhas ativas a cada 100 habitantes.

Regiões

Notícias relacionadas

A região que registrou maior queda foi a Sul, com 1% de linhas ativas a menos em março (52.480 linhas). Na sequência, vem a região Sudeste, com uma queda de 0,9% e a Centro-Oeste, com 0,5%.

A região Norte, neste mês, registrou um aumento de 1%. Foram 10.572 linhas novas ativadas entre fevereiro e março de 2021. Comparado com março de 2020, a região aumentou 6% na quantidade de linhas ativas, algo em torno de 61.250 novas linhas ativadas em um ano.

Em fevereiro de 2021, três regiões registraram crescimento no número de linhas ativas: Centro-Oeste com 2,5%; Sul, com 0,8%; e Sudeste com 6,6%. A região Sudeste foi onde ocorreu o maior crescimento de acessos do serviço de telefonia fixa naquele período. Já a nas regiões Norte e Nordeste, houve quedas do serviço. No Norte, a queda foi de 1,3% e no Nordeste, 0,5%.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.