Angola Cables adota plano de contingência durante crise do coronavírus

A operadora de infraestrutura Angola Cables adotou um plano de contingência visando a manutenção da prestação de serviços para clientes durante a pandemia do novo coronavírus (covid-19), anunciou a empresa nesta segunda-feira, 30.

"Implementamos um plano de continuidade de negócio com medidas desenhadas para enfrentar as necessidades de capacidade e qualidade das redes nacionais e internacionais, garantindo uma pronta resposta de nosso Network Operations Centre (NOC) e de nossos data centers AngoNAP", afirmou o CEO da operadora, Antonio Nunes, em comunicado.

"Para além das medidas de segurança e de condições de saúde para os funcionários e visitantes, estamos disponibilizando assistência remota e continuada aos nossos clientes, 24 horas por dia", completou o executivo. Segundo a empresa, a grande maioria dos funcionários já está atuando de maneira remota.

Nas atividades onde a atuação presencial ainda é necessária, a Angola Cables relata a adoção de diretrizes de higiene e conscientização da Organização Mundial da Saúde (OMS) para minimizar o risco potencial de infecção, além de implementar condições específicas para viagens de negócios.

A Angola Cables presta serviços de conectividade a partir dos sistemas de cabos submarinos SACS, Monet e WACS, interligando as Américas, África e Europa, além da Ásia (neste caso, através de parceiros). Um dos dois data centers da companhia africana está localizado em Fortaleza.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.