Publicidade
Início Teletime Brasileiro troca de celular a cada um ano e um mês, em...

Brasileiro troca de celular a cada um ano e um mês, em média

O brasileiro troca de celular a cada um ano e um mês, em média. Essa é a estimativa do diretor de produtos da Samsung, Roberto Soboll. E a tendência, segundo ele, é que esse prazo por enquanto se mantenha estável, sem encurtar e nem se alongar.

O perfil do telefone comprado pelo consumidor brasileiro, contudo, mudou radicalmente nos últimos 18 meses. Antes, o volume de vendas diminuía gradativamente conforme aumentava o preço. Ou seja, havia uma relação inversamente proporcional entre volume e preço. Agora, a maioria das vendas está na gama média, em uma faixa de preço entre R$ 800 e R$ 900. E a gama alta registra mais unidades vendidas que a gama baixa.

Outra mudança importante aconteceu no tamanho de tela. Hoje, mais de 60% dos aparelhos vendidos no País têm entre 4.5 e 5 polegadas, diz o executivo. Um ano e meio atrás, a maioria tinha menos de 4.5 polegadas. "O mercado cada vez mais maduro. As pessoas estão no seu segundo ou terceiro smartphone", comenta o diretor da Samsung.

Notícias relacionadas

Lei do Bem

O governo federal postergou para até 2018 os benefícios da Lei do Bem, que desonera de impostos federais os smartphones 3G fabricados no Brasil e vendidos com preço de ponta de até R$ 1,5 mil. Falta, porém, regulamentar a nova lei e definir novas especificações para os aparelhos desonerados. Perguntado sobre o tema, Soboll entende que o limite de R$ 1,5 mil continuaria adequado. E acha que não faria sentido exigir conectividade 4G, pois as redes de quarta geração ainda não têm uma cobertura tão ampla quanto o 3G no País.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sair da versão mobile