AT&T e nova entrante Dish são as que mais desembolsarão no leilão recorde nos EUA

Após a divulgação de que o leilão de espectro AWS-3 (de 1.695 MHz a 1.710 MHz; de 1.755 MHz a 1.780 MHz; e de 2.155 MHz a 2.180 MHz) bateu recordes nos Estados Unidos, com quase US$ 45 bilhões que serão arrecadados, a agência reguladora Federal Communications Commission (FCC) divulgou também a quantia que cada operadora pagará. A AT&T é a que mais deverá desembolsar: US$ 18,2 bilhões, justamente em um momento em que está realizando aquisições, como a compra da DirecTV e da Nextel México. Em seguida vem a nova entrante Dish Network (US$ 13,3 bilhões), companhia de TV por satélite (DTH) que já detém outras faixas, mas não conta com serviços móveis. VAle lembrar que a AT&T está aguardando a aprovação ragulatória para se tornar controladora da DirecTV. Se isso acontecer, será a controladora da Sky no Brasil, que tem espectro de 2,5 GHz em 600 cidades para banda larga móvel.

Outros destaques do leilão norte-americano vão para a Verizon, que gastou US$ 10,4 bilhões para conseguir 181 licenças; e a T-Mobile, que pagará US$ 1,8 bilhão. Dish e Verizon enviaram comunicado à imprensa elogiando a FCC e o governo norte-americano pelo leilão, mas reiteraram que não podem comentar mais devido a uma regra de confidencialidade exigida pela agência.

A FCC informou ainda que o total líquido levantado foi, na verdade, de US$ 41,329 bilhões, com 31 empresas angariando um total de 1.611 licenças. Por faixa, a divisão ficou da seguinte forma: US$ 579,775 milhões para as bandas de 1695 MHz a 1710 MHz, e uma reserva agregada separada US$ 10,066 milhões para cada bloco pareado de 1755 MHz a 1780 MHz e de 2155 MHz a 2180 MHz. No total, foram disponibilizados 65 MHz no certame.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.