Labriola cria grupo de executivos para auxiliar comando da TIM Brasil

Foto: Pexels/Pixabay

Logo com a saída de Luigi Gubitosi na última sexta-feira, 26, Pietro Labriola, assumiu o cargo de general manager na Telecom Italia para manter a continuidade operacional da empresa, mas o Brasil não ficará desamparado. A TIM terá um grupo de vice-presidentes que não apenas auxiliará na gestão da operadora, mas também poderá atuar em nome do executivo.

A estratégia no País continua a mesma, mas Labrola criou um "grupo de executivos-chave" que ajudará na gestão diária e atuará "em seu nome, se necessário". O time é composto pelos vice-presidentes Camille Faria (CFO), Leonardo Capdveille (CTIO) e Alberto Griselli (CRO). 

Em comunicado no domingo, 28, a TIM Brasil destacou que, além de exercer o comando na Itália e no mercado brasileiro, ele permanece conselheiro na TIM e também mantém a presidência da Conexis Brasil Digital, sindicato que representa as grandes operadoras. A operadora afirma que a nomeação de Labriola "atribuem todos os poderes necessários para garantir a estabilidade de gestão em todas as frentes, além de ressaltar a relevância da gestão brasileira na estratégia global do Grupo".

Notícias relacionadas

No comunicado, o executivo afirma que será possível ampliar sinergias entre as empresas. "É uma grande honra para mim assumir os novos desafios e irei exercer novas atribuições com a dedicação e determinação de sempre. As responsabilidades que me foram delegadas representam um reconhecimento dos resultados positivos da TIM Brasil."

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.