Tarifa flat de dados impulsionaria mercado de games, diz Glu

O mercado de jogos para celular tem crescido no Brasil ano a ano, mas poderia crescer mais ainda se as operadoras passassem a cobrar uma tarifa flat para o tráfego de dados no download de conteúdos. Essa é a opinião do diretor geral para América Latina da Glu Mobile, Bill Woods. O executivo reconhece que algumas operadoras têm baixado bastante o preço de tráfego de dados, mas o ideal seria ter uma tarifa flat, para poder comunicar com clareza ao consumidor quanto custará comprar um determinado conteúdo, como um jogo, por exemplo.
Outro desafio importante a ser vencido no Brasil, na opinião de Woods, é a educação do usuário. ?Nos EUA, um percentual entre 5% e 7% dos usuários de telefonia celular realizam downloads de jogos. Não temos estudos sobre isso no Brasil, mas ficaria surpreso se o percentual fosse o mesmo?, comentou o executivo.
A Glu tem hoje quase 40 jogos disponíveis em operadoras brasileiras. A grande maioria foi desenvolvida pela própria empresa e muitos usam marcas de renome, como Superman, Batman e o filme ?Era do Gelo?. A Glu está presente em cinco grandes operadoras nacionais: Vivo, Claro, TIM, Oi e Brasil Telecom GSM. O contrato com esta última foi assinado semana passada e os jogos devem começar a ser vendidos na semana que vem.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.