PL propõe estender mandato de diretores de agências reguladoras em um ano

Foto: Waldemir Barreto/Agência Senado

O PL 4.562/2020, do senador Marcos Rogério (DEM-RO), propõe que diretores de agências reguladoras poderão ficar por até mais um ano no cargo enquanto aguardam a indicação e a sabatina de seus sucessores. Rogério, que é presidente da Comissão de Serviços de Infraestrutura (CI), argumenta que a mudança na legislação impedirá a paralisação das atividades das agências por falta de diretores.

Segundo o senador, a proposta aprimoraria o mecanismo da lista de substituição, estabelecido na "Lei das Agências" (Lei 9.986/2000). Além disso, diz o senador, dotaria as agências de maior legitimidade, a exemplo do que ocorre em órgãos reguladores nos Estados Unidos e em Portugal. O texto também diz que somente conselheiros ou diretores titulares poderão assumir a função temporária de presidente, diretor-presidente ou diretor-geral de agência reguladora.

Até a sabatina

Notícias relacionadas

"Com isso, preserva-se o espírito de redução do déficit democrático, próprio do modelo regulatório, na medida em que o diretor ou conselheiro com mandato estendido, ao menos, já foi submetido no passado ao processo técnico-político de indicação e aprovação pelo Senado Federal. Na eventualidade de expiração desse mandato estendido, adotar-se-ia o mecanismo da 'lista de substituição'", afirma o senador.

A mudança que o projeto de lei faz na Lei 9.886/2000 permite que o membro do conselho diretor ou da diretoria colegiada da agência reguladora permaneça no cargo por mais um ano após a expiração de seu mandato ou até a posse de seu sucessor, o que ocorrer primeiro — atualmente, o mandato temporário não pode ultrapassar 180 dias. Se depois de um ano o sucessor não tiver sido empossado, o cargo será assumido por um interino integrante da lista de substituição estabelecida em lei.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.