Nokia e Senai-SP firmam parceria para capacitação para Indústria 4.0

A Nokia e o braço paulista do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai-SP) anunciaram nesta terça, 29, parceria para promover a capacitação com foco em adoção de soluções de indústria 4.0. Com o acordo, a fornecedora finlandesa implantará o portfólio tecnológico de conectividade no laboratório da unidade de São Caetano do Sul da instituição, considerada referência em mecatrônica e onde já há uma planta modelo de Indústria 4.0. 

A intenção é de oferecer cursos com programação para tecnologias 4G e 5G, especialmente para técnicos de nível médio e superior. Serão programas de curta duração elaborados com base na experiência da Nokia. A companhia e o Senai-SP estão ainda trabalhando nos objetivos e cursos, mas a promessa é que já comecem a ser oferecidos no primeiro semestre de 2020. 

"Temos um desafio na América Latina hoje que é aumentar a produtividade, principalmente da indústria pesada, como manufatura e mineração", declara o head da Nokia na América Latina, Osvaldo Di Campli. Uma das estratégias nesse protocolo de entendimento é criar um ecossistema de produtos e soluções. O segundo ponto chave é a digitalização da economia. "A parceria com o Senai-SP dá oportunidade de obter capital humano, que é um grande desafio da região. Por que a Índia exporta [capital humano] e o Brasil não pode fazer isso? É uma oportunidade enorme, principalmente em São Paulo", completa.

"Vimos a possibilidade de contribuir, começando com 4G, soluções de baixa latência, e evoluindo para o 5G, redes óticas passivas e toda a parte de analytics. O intuito é também a formação de pessoas, troca de tecnologia e abrir portas para construir soluções para verticais", explica o CTO da Nokia, Wilson Cardoso. Ele confirma que mineração, logística, indústria automotiva e energia elétrica são os grandes focos no Brasil. 

Algumas das soluções implantadas em conjunto pela Nokia e o Senai-SP na unidade de São Caetano do Sul são conectividade 4G/5G no laboratório de Indústria 4.0; rede de acesso ótica passiva (POL) para a melhoria da capacidade e estabilidade da conexão; e a plataforma Nokia Digital Automation Cloud (NDAC), que permite uma rede sem fio privada de ponta a ponta para aplicações de missão crítica e edge computing.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.