Comissão da Unesco e UIT pede apoio para planos nacionais de banda larga

A Comissão de Banda larga para o Desenvolvimento Digital da UIT e da Unesco divulgou nesta quarta, 29, uma carta aberta aos participantes da Conferência de Plenipotenciários da UIT, que acontece na Coreia do Sul, em que pede o apoio dos delegados para desenvolver planos nacionais de banda larga nos países que ainda não os possuem ou acelerar os planos existentes.

Notícias relacionadas
De acordo com nota da UIT, há atualmente 43 países que não possuem nenhum tipo de plano nacional de banda larga. O apelo da comissão, apoiado pelos dados que mostram uma correlação da penetração da banda larga com o nível de desenvolvimento socioeconômico do país, não se limita ao investimento em infraestrutura.

"Infraestrutura é uma pré-condição necessária para o desenvolvimento econômico sustentável, mas não é suficiente. É igualmente necessário para promover investimentos em serviços avançados, conteúdo local e conhecimento para abordar a desigualdade e proporcionar inclusão digital para todos", diz a carta.

"A inclusão digital é de fundamental importância para garantir que nenhum cidadão e nenhuma sociedade será deixada para trás. Nós urgimos que a Conferência de Plenipotenciários da UIT possa eleger conectar o mundo com banda larga como prioridade para alcançarmos crescimento econômico e inclusão digital", finaliza a carta.

A Comissão de Banda larga para o Desenvolvimento Digital foi criada em maio de 2010 e inclui líderes governamentais de todo o mundo, líderes da indústria e representantes de agências internacionais. A carta foi entregue pelo copresidente da comissão, Paul Kagame, presidente de Ruanda.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.