Receitas da TIM crescem 7,6% no trimestre, mas lucro cai

A operadora de telefonia móvel e banda larga TIM anunciou na noite desta terça, 29, seus resultados financeiros e operacionais referentes ao terceiro trimestre de 2013. A operadora apresentou receita líquida de R$ 5,08 bilhões no terceiro trimestre, o que representa um aumento de 7,6% em relação ao mesmo período do ano anterior. No mix de receitas, a prestação de serviços representou R$ 4,2 bilhões (aumento de 2,6%), as receitas de serviços de valor adicionado (o que inclui dados) cresceram 21,5% e chegaram a R$ 1,36 bilhão e as receitas com aparelhos foram de R$ 876 milhões no terceiro trimestre, o que significa 40,9% a mais em relação a 2012 e reflete a agressiva estratégia da empresa de venda de handsets ao consumidor. Em entrevista à revista TELETIME de outubro, o presidente da operadora, Rodrigo Abreu, havia revelado que hoje a TIM é responsável sozinha por 40% das vendas de smartphones entre as operadoras móveis. A receita com interconexão caiu 7,7% no trimestre, em relação a 2012, ficando em R$ 919 milhões

O EBITDA da TIM no terceiro trimestre ficou em R$ 1,25 bilhão, o que significa um aumento de 4,2%, e os investimentos foram de R$ 1,17 bilhão, ou 52,3% a mais em relação ao mesmo período de 2012. O lucro líquido da operadora no período caiu, contudo, 15,6%, para R$ 315 milhões. A dívida líquida está em R$ 1,446 bilhão.

Operacional

Do ponto de vista operacional, a TIM conseguiu um crescimento de 8,4% no uso da rede, passando a 150 minutos de uso por usuário (MOU), mas a receita média caiu um pouco (1,6%) para R$ 18,6. O total de clientes na base chegou a 72,9 milhões de usuários, com o maior crescimento percentual no segmento pós-pago, que agora representa um contingente de 11,9 milhões de assinantes, um mix de 16,4% no total da base. A operadora também comemora o market share de 29% em 4G.

Hoje o percentual de smartphone e webphones na base da TIM é de 52%, e 67% das vendas de novos aparelhos são smartphones. Essa estratégia tem sido importante para impulsionar o uso de dados pela operadora. No terceiro trimestre, havia 24,5 milhões de clientes com acesso à rede de dados, o que é 23% a mais em relação a 2012.

TIM Live

O serviço de acesso residencial de banda larga da TIM chegou ao final do terceiro trimestre com 42,6 mil usuários, contra 26,4 mil no segundo trimestre, e um total de 881 mil domicílios cobertos. A TIM diz ter 48,5% do mercado com velocidades acima de 34 Mbps.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.