FCC adia decisão sobre política de set-top boxes

O presidente da FCC, Tom Wheeler, e os demais comissários do bloco democrata retiraram de pauta a proposta de estabelecimento de uma política para os decodificadores (set-top boxes) das operadoras de TV por assinatura. A proposta de Wheeler previa, basicamente, que as operadoras de TV paga deveriam oferecer seus serviços por meio de redes IPs sem a necessidade de set-top boxes, e também dar a possibilidade que conteúdos de terceiros pudessem ficar pesquisáveis nas plataformas das operadoras, mesmo que os canais não estivessem disponíveis nos pacotes. A proposta, contudo, suscitou muitas críticas das empresas de TV por assinatura e programação por conta das incertezas sobre o processo de negociação, o papel da FCC e questões técnicas e jurídicas referentes a direitos autorais. Por conta das críticas, os comissários que estavam apoiando a matéria decidiram dar continuidade aos estudos para resolver as questões técnicas e legais, mas mantiveram-se "comprometidos a destrancar os set-tops", conforme comunicação oficial.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.