Reestruturação societária da Oi e entrada no novo mercado têm de acontecer ainda em 2014

Os resultados financeiros do segundo trimestre e dos seis primeiros meses de 2014 da Portugal Telecom (PT) encaminhados à Comissão de Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) de Portugal trazem mais detalhes sobre o intrincado processo necessário à fusão completa entre a PT e a brasileira Oi.

Dessa vez a holding portuguesa ressalta que, "conforme os documentos da operação de Combinação de Negócios em vigor", caso a incorporação da Oi e a reorganização para simplificação societária que daria origem à CorpCo e sua imediata entrada no segmento do Novo Mercado da BM&FBOVESPA não seja concluída até 31 de dezembro de 2014, os acionistas ficam desobrigados de seguir com a fusão. "As partes deixarão de estar vinculadas a exercer os respectivos direitos de voto nas sociedades envolvidas no sentido de aprovar todas as etapas da Reorganização Societária e a Incorporação da Oi, previstas na segunda fase, assim como a Fusão da PT, prevista na terceira fase da operação de Combinação de Negócios", esclarece a holding portuguesa.

Anteriormente a PT já havia alertado que a fusão completa entre a holding controladora da Portugal Telecom (PT SGPS S/A) e Oi não deveria mais acontecer por conta do calote da Rioforte. Agora o aviso é de que o cronômetro está girando e o prazo se exaurindo para a reestruturação societária e pulverização de ações no mercado de capitais.

Caso essa segunda etapa não venha a ocorrer, permanecerão em vigor os acordos de acionistas da TmarPart celebrados ou aditados em 25 de janeiro de 2011 e em 19 de fevereiro de 2014, e os direitos de voto detidos pelo BNDES Participações e pelos fundos Previ, Petros e Funcef detidos em fevereiro ficam assegurados, "desde que tais acionistas não tenham reduzido as respectivas participações sociais antes de 31 de dezembro de 2014 através da venda de ações a terceiros que não sejam signatários originais do Acordo de Acionistas Global ou respectivas partes relacionadas".

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.