BNDES estuda alocação de R$ 2,5 bilhões em novas redes

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) estuda a alocação de recursos de R$ 2,5 bilhões em novos projetos de operadoras GSM, upgrade das atuais operadoras dos sistemas TDMA e CDMA, projetos de redes de próxima geração (NGN) e finalização da digitalização da rede de telefonia fixa. Todos esses projetos estão em estudo pelo banco, afirmou o superintendente de logística e telecomunicações do BNDES, Marco Antonio Albuquerque de Araujo Lima, durante o evento Total Telecom & Fair, nesta quinta, 29, em São Paulo. Segundo o superintendente, durante este ano, até agora, o setor de telecomunicações fez operações junto ao BNDES que somam R$ 1 bilhão, ante os R$ 3,9 bilhões tomados o ano passado, resultado da crise do segmento. Lima afirmou ainda que o projeto das espelhinhos não deslanchou porque essas operadoras não tinham estrutura financeira para suportar sua operação e tampouco conseguiram finalizar seus planos de negócios.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.