TIM projeta competição acirrada no mercado de ultra banda larga

Com planos de expansão no mercado de banda larga via fibra óptica e 5G FWA, a TIM está antevendo um cenário de competição acirrada na oferta de pacotes com maiores velocidades – seja por parte de ISPs ou a partir da criação de novos players de infraestrutura.

Durante o evento Fiber Connect Latam iniciado nesta terça-feira, 29, o tema foi abordado pelo diretor da unidade residencial da TIM, Denis Ferreira. "Vamos ter um ambiente bastante competitivo no Brasil nos próximos anos, seja do ponto de vista das 'infracos' quanto pela lógica de competição com provedores regionais, que estão buscando se fortalecer".

O plano da TIM, contudo, seguiria o mesmo: continuar "crescendo nas regiões onde estamos presentes, mas principalmente abrindo novas frentes", segundo Ferreira. O executivo lembrou que a empresa também está realizando o carve-out de infraestrutura para uma nova empresa (a FiberCo).

Notícias relacionadas

Sócia da TIM na empreitada, a IHS foi classificada como "parceira industrial" para expansão da cobertura em fibra. O negócio depende de aprovação da Anatel e já foi liberado pela SG do Cade há duas semanas.

FWA

Apontando uma penetração de 23% a 24% na penetração de fibra óptica nos lares brasileiros, Ferreira destacou que há um enorme mercado a ser explorado no segmento a partir do crescimento de redes e da migração de clientes da banda larga "tradicional" para a ultra banda larga.

Mesmo com o protagonismo da tecnologia óptica, o uso do 5G para entrega do serviço fixo sem fio (FWA) também foi destacado. "O FWA 5G já é realidade fora do Brasil, com algumas operadoras saindo bastante forte nessa estratégia", afirmou Ferreira, utilizando a norte-americana T-Mobile como exemplo.

O modelo poderia ser replicado no Brasil, com o FWA complementando locais (como áreas rurais) onde a fibra óptica não chega. "Não podemos ficar só em uma ou em outra, precisamos da abrangência de cobertura. A questão vai ser como montar quebra cabeça para atender o mercado", apontou o head.

Em paralelo, a empresa também aposta em diferenciais dos produtos ofertados. Entre eles, maiores velocidades de upload, que estariam ganhando relevância desde o início da pandemia. Uma abordagem "OTT-friendly" que possibilite parcerias com players de entretenimento também foi citada.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.