Novo regulamento de TV a cabo "favorece abertamente a Oi", diz Félix

A Net não está nada satisfeita com o novo regulamento do serviço de TV a cabo proposto pela Anatel e que se encontra em consulta pública até meados de julho. O presidente da operadora, José Antonio Félix, disse que, da forma como está escrito, o regulamento "favorece abertamente a Oi". Sua principal reclamação é contra o fato de a Net poder ser considerada uma empresa com poder de mercado significativo (PMS) em TV por assinatura, o que a obrigará a cumprir uma série de metas de cobertura, enquanto as exigências para os novos entrantes serão mais leves. "Desse jeito, os novos entrantes poderão atacar apenas o filé mignon do mercado. Duvido que entrem em cidades pequenas ou mesmo de porte médio", protestou. "Se temos PMS é porque fomos competentes vendendo TV por assinatura, o que as teles não foram", acrescentou o executivo, referindo-se à oferta de Tv paga por DTH que as teles já praticam. Ele disse não ter nada contra a competição nesse serviço, mas entende que o governo deveria estimular a entrada de novas operadoras de cabo de pequeno e médio portes, como é feito nos EUA.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.