Telefonia fixa segue em queda com 1,6% a menos de linhas ativas em abril

Foto: pixabay.com

O mês de abril terminou com 32,2 milhões de acessos do serviço de telefonia fixa (STFC). Comparado com o mês anterior, o número de assinaturas do serviço caiu 1,6%. Quando se observa os números divulgados pela Anatel na quinta-feira, 28, comparando-os com o ano anterior, a queda entre abril de 2019 e abril de 2020 foi de 11,6%.

A densidade também apresentou queda. Em março, alcançava 46,9 acessos do serviço a cada 100 domicílios. Nos números de abril, este índice foi de 46,2.

Notícias relacionadas

A região Sudeste é a que conta com a maior quantidade de acessos do serviço. Em março, existiam 19,9 milhões de linhas ativas. Em abril, a mesma região terminou com 19,7 milhões. Comparando os dois meses, observa-se uma queda em abril de 1,1%. A região com maior queda na quantidade de acessos foi a região Nordeste. Entre março e abril de 2020, a região apresentou uma redução de 6,6% no número de linhas de telefone fixo.

Regime

As operadoras que detém concessão do serviço de telefonia fixa ainda lideram a oferta do serviço em quantidade de linhas, apesar da ligeira queda. Em abril foram registradas 17,3 milhões linhas ativas do serviço, enquanto em março, existiam 17,4 milhões. A redução foi de 1,0%.

As operadoras autorizatárias que ofertam o serviço tiveram uma ligeira queda no número de clientes. Em março, elas somavam 15,2 milhões, de acessos. Em abril este número ficou em 14,9 milhões. A região Nordeste foi onde mais se observou uma redução. Saiu de 1,7 milhões de acessos para 1,5 milhão. Uma redução de 12,5%.

A região Sudeste foi onde mais o serviço de telefonia fixa caiu: 1,2%. Em março, nesta região, que é a que mais detém acessos, tinha 11,2 milhões linhas. Em abril, este número reduziu para 11,1 milhões.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.