Banda larga via satélite da Hughes chega ao Chile

Em operação no Brasil e em outros países da América Latina, o serviço HughesNet de banda larga via satélite chegou ao Chile, revelou a Hughes nesta segunda-feira, 29. De acordo com a operadora, a opção fica disponível em 98% dos domicílios chilenos, incluindo áreas onde não há oferta de provedores terrestres.

Para tal, será utilizada a capacidade em banda Ka do Hughes 63 West, operacional desde agosto do ano passado a partir do Telstar 19. O artefato é um dos responsáveis pela cobertura da empresa no território brasileiro, onde a operação da HughesNet já ultrapassou os 100 mil acessos. Nas Américas (ou seja, considerando também a operação nos Estados Unidos), mais de 1,3 milhão de clientes foram reportados pela empresa.

"Estamos orgulhosos de ajudar a conectar os desconectados no Chile com nosso serviço de Internet por satélite de alta velocidade após o lançamento bem-sucedido da HughesNet no Brasil, Colômbia, Equador e Peru", afirmou o presidente da Hughes, Pradman Kaul. No novo mercado, a empresa promete planos de "preços atraentes e serviço rápido", com velocidades de download de até 50 Mbps. Segundo dado da Subsecretaria de Telecomunicações chilena (Subtel) citado pela operadora, quase metade dos domicílios do Chile não têm acesso à banda larga fixa ou só contam com ofertas de até 5 Mbps de velocidade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.