Time Warner vai acelerar spin-off da AOL para vender divisões

Após registrar queda de 14% no lucro líquido no primeiro trimestre, o grupo Time Warner declarou nesta quarta-feira, 29, que vai acelerar a separação (spin-off) do serviço de acesso discado à web da área de propaganda da America Online (AOL), como parte de um radical processo de reestruturação da divisão de internet do grupo de mídia, a qual vem perdendo continuamente assinantes e receita. Trata-se da segunda iniciativa de segregação de ativos em menos de um ano. Anteriormente, a Time Warner já havia optado por vender a sua operadora de TV a cabo Time Warner Cable, a segunda maior dos EUA. Já o spin-off da AOL é importante porque este foi um dos principais acordos de fusão entre grupos de mídia e empresas de internet da história.
O lucro da Time Warner nos primeiros três meses do ano foi de US$ 661 milhões, contra US$ 771 milhões no mesmo período de 2008. Diante da forte queda no resultado, a empresa disse que quer abreviar o spin-off com o propósito de facilitar a venda ou a fusão dos dois negócios, de acordo com informações do The Wall Street Journal.
No fim do ano passado, a AOL mostrou sinais de que conseguiria estabilizar as receitas com publicidade, mas a Time Warner revelou que elas caíram 20% no trimestre, inclusive nos websites nos quais a AOL atua como intermediária nos anúncios on-line, cujo queda foi de 29%. No segmento de publicidade em displays e atreladas a buscas, o declínio foi de 12% e 17%, respectivamente.
O conglomerado de mídia ainda revelou que procurou o Google para conversar sobre a recompra de 5% das ações que a gigante de internet havia adquirido no fim de 2005 por US$ 1 bilhão. O Google já havia declarado sua intenção de revender as ações.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.