Corte de gastos de aquisição de cliente impulsionou resultados

Como observou Rodrigo Magela Pereira, do Pactual, o principal motivo do bom desempenho da Telesp Celular foram os cortes nos custos ao longo dos últimos meses, especialmente no Custo de Aquisição de Clientes (SAC, em inglês). Este gasto foi de R$ 93 por cliente no primeiro trimestre, comparado com os R$ 130 dos três últimos meses do ano passado. Como já se sabe, a Telesp Celular Participações (TCP), depois de investir no rápido aumento do pré-pago em sua base, com subsídios aos aparelhos, passou a privilegiar sua base de pós-pagos, deixando gradativamente de custear a adesão dos clientes em conta. A TCP aumentou sua base para 5,254 milhões de assinantes, com uma adição líquida de 150 mil novos clientes, um decréscimo de 26% em comparação com as adições líquidas no primeiro trimestre de 2001 e um aumento de 33% com relação ao último trimestre do mesmo exercício. O ARPU dos clientes do serviço pós-pago aumentou para R$ 98 neste trimestre, comparado a R$ 77 no primeiro trimestre de 2001 e R$ 91 no quarto trimestre de 2001.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.