Kassab defende aprovação do PLC 79 em audiência no Senado

Foto: Pedro França/Agência Senado

O ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, voltou a defender, nesta quarta-feira, 29, entendimento político para que o PLC 79/2016 seja votado. O ministro, que participou de audiência pública na Comissão de Ciência e Tecnologia do Senado, reafirmou que a proposta, que altera o marco regulatório das telecomunicações, vai significar compromisso de bilhões de investimento em banda larga.

Kassab diz que o modelo de telecomunicações do Brasil é frágil porque não dispõe de recursos para financiar a infraestrutura de banda larga onde não há interesse econômico, já que o Fundo de Universalização dos Serviços de Telecomunicações (Fust) vem sendo contingenciado desde sua criação."O modelo de telecomunicações brasileiro está capenga", afirmou. "Não há país que se desenvolva sem banda larga, serviço que permeia todos os setores", disse.

Além da aprovação do PLC 79, Kassab sugeriu que a CCT trabalhe para aprovar lei que impeça o contingenciamento do Fust a partir de 2020, para não prejudicar a recuperação econômica do País. Os secretários do MCTIC e das estatais ligadas à pasta, além do presidente da Anatel, participaram da audiência.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.