Mudanças bem recebidas

Analistas do mercado financeiro e investidores ouvidos hoje por TELETIME News entenderam as nomeações de Luiz Carlos Mendonça de Barros (para o Ministério das Comunicações) e de André Lara Rezende (para a presidência do BNDES) como um "inequívoco sinal de continuidade do processo de privatização". Mesmo assim, houve surpresa em relação ao nome de Lara Rezende, que não gosta de funções operacionais. Ele vinha manifestando aos seus sócios no Banco Matrix, a amigos, e até ao presidente Fernando Henrique Cardoso, seu desejo de "dar um tempo", ficando longe do mercado e mesmo da economia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.