BC e Conexis assinam acordo de implantação do PIX Cobrança para pós-pagos

Em reunião realizada nesta quinta-feira, 28, Banco Central e Conexis Brasil Digital (antigo SindiTelebrasil) assinaram acordo que amplia os serviços do PIX Cobrança para serviços pós-pagos. Até o momento, apenas usuários de serviços pré-pagos se beneficiam da modalidade. A Conexis é a primeira entidade do setor privado a assinar um termo de cooperação com o Banco Central acerca do PIX.

Segundo a Conexis, a novidade representa a capacidade de atender nada menos que 50% dos clientes que hoje fazem uso de conectividade e telefonia. "Sobretudo em meio à pandemia, a conectividade tem exercido papel fundamental e representa o principal meio de acesso aos serviços bancários", afirmou Marcos Ferrari, presidente-executivo da Conexis Brasil Digital.

João Manoel Pinho de Mello, diretor de Organização do Sistema Financeiro e Resolução do Banco Central, destacou que o avanço do acordo também representa ganhos relevantes para as operadoras. "A oferta do PIX irá promover uma redução de custos de arrecadação, uma vez que hoje precisam fazer convênios com outras empresas para realizar tal atividade", afirmou.

Ao garantir benefícios para todos os participantes do processo, e por envolver alguns dos principais atores em seus respectivos setores, o avanço do acordo sobre o PIX Cobrança tem potencial de gerar uma dinâmica de pagamentos de forma simples, rápida e eficiente, segundo a Conexis. "Acreditamos que essa parceria, com evidentes vantagens para todas as partes, possa servir de exemplo e até mesmo estimular outros setores", finalizou Marcos Ferrari.

Notícias relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.