Conar bloqueia comerciais da Net e da GVT a pedido da TIM

O Conar barrou comerciais da Net Serviços e da GVT pelo fato de os preços das ofertas de banda larga veiculados no comercial estarem em desacordo com o valor real dos produtos. A representação contra as duas operadoras partiu da concorrente TIM, que pediu a suspensão das peças publicitárias nas quais a Net anuncia uma promoção que oferece 10 Mbps de banda larga por R$ 29,80, enquanto o preço correto do serviço seria de R$ 129,80. A TIM aduz ainda que a Net estaria descumprindo uma decisão do Conar, de 11 de janeiro, que já impedia a veiculação da propaganda. A disputa com a GVT é pelo mesmo motivo: a operadora estava anunciando um pacote de banda larga por R$ 69,90, mas o preço verdadeiro do produto seria, na verdade, R$ 169,70. As informações foram publicadas na coluna Radar online da revista Veja. A TIM provavelmente se refere aos preços praticados pelas operadoras nos pacotes triple play.

Notícias relacionadas

Procuradas, a TIM e a Net não se pronunciaram até o fechamento deste noticiário. A GVT emitiu comunicado dizendo que já apresentou defesa. A operadora paranaense sustenta que as informações necessárias para a avaliação da oferta pelo consumidor estão claramente apresentadas no filme. A companhia afirmou ainda que “aguarda a decisão final do Conar que poderá modificar a liminar com base nos argumentos apresentados na defesa”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.