Publicidade
Início Teletime Sem previsão do número de concorrentes

Sem previsão do número de concorrentes

Luiz Garcia acha difícil avaliar se haverá concorrentes para todas as bandas e áreas, mas "o mercado brasileiro é muito atrativo". Para o executivo, "o problema é que as empresas de banda A e B ainda não estão dando retorno aos seus investidores, especialmente as empresas da banda B que começaram depois e ainda têm muito que crescer". Garcia acredita que os novos competidores não vão entrar com tarifas mais baixas que as atualmente praticadas no celular: "Acredito que o diferencial deles será o serviço", completou.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sair da versão mobile