Tributação excessiva impede crescimento, diz Acel

A Acel (associação que representa as operadoras de telefonia móvel) divulgou nesta terça-feira, 28, um estudo mostrando que desde 2000, R$ 154,4 bilhões da receita bruta do setor de telefonia celular foram destinados ao pagamento de impostos. Os dados, que foram compilados pela associação Telebrasil, também mostram que os impostos representavam 31,8% da receita líquida em 2000. No primeiro trimestre de 2007, esse percentual subiu para 40,8%.
A Acel também cita um levantamento feito pelo Banco Mundial, realizado em 175 países, no qual o Brasil aparece na pior posição no quesito ?tempo gasto com pagamento de tributos?, com 2,6 mil horas. É o dobro do tempo destinado à mesma finalidade em Camarões e 24 vezes mais que o tempo dedicado pelos ingleses para a mesma tarefa. Para a associação, a tributação excessiva é o ?principal fator de inibição ao crescimento do número de usuários de telefonia móvel no País?.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.