Publicidade
Início Newsletter Telebras e MCom assinam contrato para oferta do programa Wi-Fi Brasil

Telebras e MCom assinam contrato para oferta do programa Wi-Fi Brasil

O Ministério das Comunicações (MCom) e a Telebras assinaram na última sexta-feira, 25, um contrato para a instalação de mais dois mil pontos do Programa Wi-Fi Brasil. O programa é uma adaptação do programa Governo Eletrônico Atendimento ao Cidadão (GESAC) que tem a Telebrás como prestadora de serviço. O contrato prevê o valor de R$ 43 milhões adicionais, que serão repassado à estatal conforme a instalação dos novos pontos.

Por meio do SGDC e equipamentos de Wi-Fi, que incluem equipamentos que oferecem uma cobertura de 200 metros de raio, o GESAC existe desde 2003, mas a Telebrás passou a operá-lo em 2016 mediante contrato de cerca de R$ 700 milhões para 15 mil pontos. No começo deste ano o governo passou a usar algumas das conexões do Gesac para o WiFi Brasil e ainda não está claro se esses pontos adicionais serão compartilhados pelo programa original ou se dedicam apenas ao modelo de conectividade WiFi.

O programa Gesac visa a disseminação de acessos à internet banda larga em banda Ka (velocidades entre 10 Mbps e 20 Mbps a depender do ponto) em escolas e bibliotecas públicas urbanas e rurais, além de unidades de saúde e de segurança pública, assentamentos, comunidades quilombolas e indígenas, postos de fronteira, telecentros, associações e cooperativas dentre outros.

Notícias relacionadas

“É fundamental termos um Brasil cada vez mais conectado. Uma das missões mais importantes da Telebras é promover a inclusão digital, social e, sobretudo, a cidadania, por meio das políticas públicas. Poder levar o acesso ilimitado e com qualidade a entretenimento, educação, informação e serviços de pessoas que se encontravam em estado de isolamento digital é uma enorme satisfação”, afirma o presidente da Telebras, Jarbas Valente.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sair da versão mobile