Telcomp defende análise em conjunto dos movimentos da Telefônica

Nas próximas duas semanas a TelComp se reunirá com os cinco conselheiros da Anatel com o objetivo de convencê-los de que as recentes e as futuras aquisições do grupo Telefônica devem ser consideradas em conjunto para não haver distorções sobre o real impacto nos mercados envolvidos. Na última terça-feira, 26, a TelComp encaminhou uma carta aos cinco conselheiros na qual além de solicitar a reunião pede que a decisão sobre qualquer aquisição de empresas ou novas outorgas de serviços seja adiada. Luiz Cuza, presidente executivo da TelComp, reconhece que a Anatel pode simplesmente ignorar o pedido, mas que não é da ?natureza? do órgão agir desta forma. Cuza disse que não sabe se o pedido de vistas do processo de aquisição da TVA feito pelo presidente da agência Plínio de Aguiar Jr., na última quarta, 29, foi motivado pela iniciativa da TelComp. De qualquer maneira, esse assunto está previsto para entrar na pauta da reunião do dia 4 de julho.
Luiz Cuza defende que esta ampla análise deva ser discutida em audiência pública para que todos os setores da sociedade possam contribuir. ?É preciso que a agência considere a totalidade das aquisições porque elas afetam o mercado de telefonia fixa e móvel, de banda larga e até de cabos submarinos?, afirma se referindo à entrada no capital da Telecom Italia.
A iniciativa da TelComp faz coro à da prestadora Sky que na mesma terça-feira, 26, encaminhou um oficio à agência pedindo que a decisão seja adiada a fim de que seja feito um estudo mais detalhado sobre o impacto da entrada da concessionária no mercado de TV por assinatura.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.