Indústria eletroeletrônica: 38% das empresas não devem investir em 2019

Uma sondagem realizada pela Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee) apontou que a intenção de investimentos do setor está sendo afetada pela queda no otimismo com o momento econômico. Dentre as empresas ouvidas pela entidade, 38% apontaram para decisão de não investir em 2019, enquanto 28% afirmaram estar postergando investimentos.

Os principais motivos elencados pelos empresários são a demora na aprovação da reforma da Previdência, as incertezas quanto ao mercado internacional, a indecisão quanto à Lei de Informática e a alta carga tributária. Quanto ao emprego, o total de empresas que pretende contratar também diminuiu, passando de 19% em março para 16% atuais. Em março, o segmento eletroeletrônico somava 236,8 mil funcionários.

Notícias relacionadas

Por outro lado, 34% das entrevistadas ampliaram os investimentos no primeiro quadrimestre deste ano. Já a utilização da capacidade instalada aumentou 2 pontos percentuais, atingindo 75%. De modo geral permanecem favoráveis as expectativas para 2019, com 77% das empresas ouvidas projetando crescimento no ano. Ainda assim, em abril 48% das empresas observaram negócios abaixo do esperado. Esse foi o maior resultado desde a greve dos caminhoneiros do ano passado, quando o indicador atingiu 49%. .

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.