Android Pay permitirá pagamento por aproximação sem abrir apps

Android Pay é novo serviço de pagamento móvel do Google, que substitui o antigo Google Wallet e que será parte integrante da próxima versão do sistema operacional móvel da empresa, o Android M, com lançamento previsto para o terceiro trimestre. O Android Pay permite a virtualização de cartões de crédito e de débito dentro do smartphone e o pagamento por aproximação, com a tecnologia NFC (Near Field Communications). Será possível armazenar os cartões vinculados a apps de bancos diretamente no Android Pay.

Notícias relacionadas
Para pagar, bastará que o consumidor desbloqueei seu smartphone e o aproxime de uma de POS compatível. Não será necessário abrir nenhum app. E a autenticação poderá ser feita com a digital do usuário, tal como acontece no Apple Pay. O reconhecimento por impressão digital é outra funcionalidade que passará a ser padrão com o Android M. Por segurança, o smartphone não transmitirá o número real do cartão para o comerciante, mas um virtual, dentro do modelo de tokenização, o mesmo usado no HCE do Android Lollipop.

O Android Pay estará aberto para ser integrado a programas de fidelidade. Assim, quando o consumidor fizer uma compra pelo smartphone em uma loja credenciada, terá seus pontos adicionados automaticamente.

O Android Pay também poderá ser usado para compras em sites web e dentro de aplicativos. O Google vai integrar a plataforma com os principais processadores de pagamento digital do mundo, como Braintree, CyberSource, First Data, Stripe e Vantiv.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.