Sardenberg se diz indignado com críticas de procurador

O embaixador Ronaldo Sardenberg, presidente da Anatel, mostrou-se indignado com relação às afirmações feitas pelo procurador Duciran Farena durante apresentação feita esta semana a entidades de defesa do consumidor e publicadas na quarta, 27, em nota. Sardenberg disse que não concorda em absoluto com as críticas feitas por Farena, que se sentia pessoalmente ofendido e que as acusações feitas pelo procurador à agência são extremamente graves. Farena disse que a Anatel está fora de controle e que a agência "retrocedeu cerca de dez anos em termos de acessibilidade e transparência, na presidência do embaixador Sardenberg".
Até a manhã desta quinta, 28, Sardenberg ainda refletia sobre que medidas adotaria. Perguntado se ele procuraria o subprocurador geral da República, Aurélio Rios, para resolver o mal-estar, o embaixador disse que não havia decidido ainda e que precisava refletir melhor sobre o ocorrido. Sardenberg minimizou a liderança de Farena no Grupo de Trabalho sobre Telefonia do Ministério Público Federal.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.