SES assina contratos de construção de teleportos para constelação O3b mPower

Constelação O3b mPower da SES

A operadora satelital SES assinou acordos com provedores de serviços de infraestrutura para construir os primeiro oito teleportos da constelação O3b mPower. Segundo a companhia nesta quarta-feira, 28, a construção já começou, e a expectativa é que as estações terrenas estejam em funcionamento pleno no segundo semestre. 

Essas estações terrenas executam capacidades de telemetria, rastreamento e controle para a gestão dos satélites, incluindo na subida ao espaço. As instalações incluem antenas de 5,5 metros de fibra de carbono que podem ser instaladas sem fotogrametria e que utilizam amplificadores transistorizados mais eficientes. 

Duas estão localizadas na Austrália (operada pela Pivotel) e na Grécia (pela OTE), enquanto as outras estão em Perth, também na Austrália; Phoenix, nos Estados Unidos; no Chile; nos Emirados Árabes Unidos; e Senegal. A estação própria da SES no Havaí também será utilizada. 

Notícias relacionadas

Quatro dos oito sites serão colocados e operados pelos data centers Azure da Microsoft Service, com promessa de otimização das operações de negócios com flexibilidade e agilidade.

Os 11 satélites da constelação O3b mPower serão de órbita media e de alto throughput e baixa latência, com promessa de "múltiplos megabits por segundo". Os três primeiros artefatos deverão ser lançados no terceiro trimestre, com mais três no segundo trimestre de 2022. Assim, a companhia pretende começar a operar comercialmente a rede no semestre seguinte.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.