Competição afeta lucros da Telmex no México

A intensa competição enfrentada pela Teléfonos de México (Telmex) em seu país de origem com empresas de telefonia móvel, operadoras de cabo e outras operadoras locais teve impacto significativo nos resultados do primeiro trimestre de 2009 da empresa do mexicano Carlos Slim. A Telmex encerrou março com lucro líquido de 7,59 bilhões de pesos (cerca de US$ 343 milhões), queda de 14,6% no trimestre em relação ao mesmo período do ano anterior. O Ebitda recuou 7%, para 14,087 bilhões de pesos (pouco mais de US$ 1 bilhão) no trimestre e as receitas operacionais caíram 9,5% em relação ao mesmo período de 2008, encerrando o mês de março com 9,617 bilhões de pesos (cerca de US$ 695 milhões).
As receitas recuaram 3,6% e totalizaram 30,017 bilhões de pesos (aproximadamente US$ 2,16 bilhões) no trimestre, um reflexo direto das quedas de 9% e 8,2% nas receitas de telefonia local e de longa distância, respectivamente. O impacto só não foi pior porque a tele conseguiu aumentar em 32% as receitas com serviços de acesso à internet e em 9% os serviços de rede para o mercado corporativo.
Vale destacar que a operadora vem conseguindo manter uma média significativa de 65,7% de crescimento do número de clientes de acesso banda larga nos últimos três anos, de forma que o Infinitum, serviço de ADSL da tele, somava 5,52 milhões de clientes no México ao final de março. A Telmex possui 17,51 milhões de linhas fixas em serviço no México, das quais 7,4 milhões estão em áreas de pouca atratividade financeira e, portanto, sem competidores. Estas áreas foram responsáveis por apenas 4,699 bilhões de pesos da receita total da operadora e ainda geraram uma perda operacional de 778 milhões de pesos (US$ 52,3 milhões).
O mercado aguarda para a próxima quarta, 29, a divulgação dos resultados trimestrais da Telmex Internacional, holding que controla no Brasil a Embratel e possui ainda participação na Net Serviços.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.