Receita da ZTE cresce 23,4%, mas lucro cai 36,6% em 2011

Os resultados financeiros da ZTE, anunciados nesta quarta-feira, 28, mostram que mesmo conseguindo fazer crescer 23,4% seu faturamento entre 2010 e 2011, encerrando dezembro com receita de 86,25 bilhões de iuans (US$ 13,676 bilhões), a fornecedora chinesa de equipamentos não conseguiu evitar a queda de mais de um terço (36,6%) de seu lucro líquido nesse período, que somou 2,06 bilhões de iuans (US$ 326,6 milhões) em 2011, impactado por um cenário econômico de pressão por redução nos preços dos equipamentos e de investimentos mais moderados de operadoras em todo o mundo.

Em nota, o chairman da fornecedora afirmou que, em 2011, os investimentos em equipamentos da indústria de telecomunicações variaram de acordo com a região do globo e que, “durante o ano, a ZTE ajustou suas linhas de produtos para continuar a prover soluções integradas e compreensivas para as teles. Medidas desenhadas para melhorar a eficiência e otimizar processos produtivos também foram introduzidas”.

Fora da China

Na composição das receitas da ZTE, as vendas para o mercado doméstico cresceram 22,7% no comparativo anual e responderam por 45,8% do faturamento total da empresa no último ano. Mais da metade do faturamento da chinesa (54,2%), portanto, veio das vendas da fabricante fora de seu país de origem, que por sua vez cresceram 24% no comparativo anual.

Terminais

Já a divisão de terminais da ZTE cresceu 52,6% em 2011 e encerrou dezembro com um faturamento de receita de 26,93 bilhões de iuans (US$ 4,27 bilhões), contra os cerca de 17,65 bilhões de iuans (US$ 2,8 bilhões) do ano anterior.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.