Presidente da Nextel Brasil nega acordo mais amplo com a Vivo

Durante a conferência de resultados financeiros de 2013 da Telefônica/Vivo nesta semana, o diretor geral da operadora, Paulo César Teixeira, afirmou que o acordo com a Nextel estaria sendo analisado pela Anatel para “exploração industrial” da rede da operadora do grupo espanhol. Na ocasião, Teixeira assegurou que haveria uma próxima etapa além da parceria para fornecer roaming para a Nextel nas localidades onde a empresa não contasse com rede própria de 3G.

A especulação no mercado era de que a Nextel poderia agir como uma espécie de MVNO (operadora móvel virtual) nas cidades onde não conta com infraestrutura própria.

Entretanto, durante a própria conferência da Nii Holdings nesta sexta, 28, o COO da controladora e presidente da Nextel Brasil, Goukul Hemmady, confirmou que a rede 3G será expandida no País, mas descartou a especulação ao negar que houvesse algum tipo de exploração da infraestrutura de acesso além dos termos do contrato já divulgado. “É como qualquer outro acordo de roaming, não há nada mais além disso”, garantiu. O executivo também não confirmou haver uma análise do contrato por parte da Anatel, embora também não tenha negado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.