Guerreiro quer consolidar relacionamento da Anatel com a FCC

Começou nesta quinta, dia 28, a "Reunião Bilateral Brasil – Estados Unidos em Telecomunicações". A reunião começou com uma palestra do presidente da Anatel, Renato Guerreiro, que enfatizou a importância de se consolidar o relacionamento entre as agências reguladoras do dois países (Anatel e FCC). David Gross, coordenador para política internacional de telecomunicações e informações do Departamento de Estado do governo norte-americano, disse que os EUA vêem o Brasil como um país com "liderança extraordinária em termos regionais e globais". Kevin Martin, conselheiro da FCC, disse que a agência americana está muito interessada em conhecer os casos da Anatel para que possam aprender com as experiências brasileiras. O vice-presidente da agência, Antônio Carlos Valente, fez uma apresentação dos números pré e pós-privatização, lembrando que o modelo de telecomunicações brasileiro é baseado nos conceitos de competição e universalização.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.