Qualcomm indica que não equipará o Samsung Galaxy S6

A Qualcomm praticamente confirmou que o próximo smartphone high-end da Samsung não contará com seus processadores. Em seu balanço financeiro referente ao primeiro trimestre do ano fiscal de 2015 (correspondente ao quarto trimestre de 2014), divulgado nesta quarta, 28, a fabricante declarou estar com expectativa mais baixa para o restante do período fiscal por conta da perda da oportunidade de equipar um dispositivo flagship de um cliente não declarado, dando pistas que se trata do Galaxy S6, que deverá ser apresentado em março, durante a Mobile World Congress 2015.

Notícias relacionadas
No relatório, a companhia destaca receitas e lucro recordes, além do fim da disputa sobre licenças de patentes na China. No entanto, a fornecedora de chipset está pessimista e baixou as projeções para o segundo semestre do ano fiscal. "Essas mudanças refletem nossas expectativas relacionadas ao mix de OEMs, vendas para um grande cliente e a competição maior na China", diz o CEO da empresa, Steve Mollenkopf, em comunicado. Rumores no mercado já apontavam que esse grande cliente seria a Samsung, que estaria planejando lançar o Galaxy S6, seu próximo smartphone high-end, com seu próprio processador, o Exynos, encerrando a parceria com a fornecedora norte-americana.

Com esse balanço financeiro, isso fica praticamente confirmado. A Qualcomm cita ainda como um dos fatores para o declínio das previsões para o segundo semestre fiscal "expectativas de que o processador Snapdragon 810 não estará no próximo ciclo de design no dispositivo flagship de um grande cliente". Durante a Consumer Electronics Show (CES 2015) em Las Vegas neste mês, Mollenkopf afirmou que rumores de que o 810 estaria provocando superaquecimento eram infundados, já que o componente fora incorporado no LG G2, flagship da sul-coreana. Dessa forma, é mais provável que a Samsung tenha optado pelo próprio processador por uma questão comercial, já que inaugurou recentemente uma fábrica do componente na Coreia do Sul.

Resultados

A Qualcomm registrou receita de US$ 7,099 bilhões no primeiro trimestre do ano fiscal de 2015, aumento de 7% em relação ao mesmo período do ano passado. O lucro operacional foi de US$ 2,064 bilhões, aumento de 38%. O lucro líquido ficou em US$ 1,971 bilhão, aumento de 5%.

A companhia estima ter abastecido o mercado mundial com cerca de 1,35 bilhão de dispositivos 3G e 4G durante o ano de 2014. A empresa espera ainda que, neste 2015, abasteça o mercado com entre 1,5 bilhão e 1,6 bilhão de smartphones 3G e 4G.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.