Licitação do satélite brasileiro privado é adiada

Em função da inexistência de concorrentes para duas áreas das espelhos e do relançamento do edital, a Anatel também adiou todo o cronograma da licitação das duas possíveis posições orbitais para um satélite brasileiro. As propostas serão recebidas no dia 9 de fevereiro e abertas em 16 de março. Os interessados poderão apresentar propostas para um ou dois satélites, que deverão operar no mínimo com 50% de sua capacidade em banda C, banda Ku ou ambas, além de cobrir a totalidade do território brasileiro. O valor mínimo para cada direito de exploração será de R$ 1,85 milhão.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.