Ericsson processa Samsung nos EUA por quebra de patentes

A Ericsson entrou com processo contra a Samsung, nos Estados Unidos, por quebra de patentes. Em comunicado divulgado nesta terça-feira, 27, a fabricante sueca de equipamentos de telecomunicações diz que a ação judicial diz respeito a tecnologias de sua propriedade essenciais para telecomunicações e vários padrões de rede, assim como outras patentes de rede sem fio e eletrônicos de consumo utilizadas em produtos da Samsung. A ação foi impetrada no Tribunal do Distrito Leste do Texas.

“A Ericsson concluiu que não tem outra opção além da ação legal, depois que as negociações não foram bem-sucedidas, já que a Samsung se recusou a aceitar o licenciamento em condições equivalentes, razoáveis e não discriminatórias [conhecidas como termo Frand, na sigla em inglês]", destacou a companhia na nota. A Samsung licenciou patentes da Ericsson em 2001 e as renovou em 2007, mas a sua licença já expirou. A Ericsson estendeu a oferta para a fabricante coreana durante as negociações, que duraram cerca de dois anos.

A fabricante sueca destacou ainda que continua empenhada em licenciar suas patentes essenciais dentro das condições Frand. “Outras empresas que desejam utilizar a tecnologia inventada pela Ericsson precisam de uma licença para fazê-lo. Estes acordos de licença ajudaram a criar hoje um grande sucesso da indústria global de comunicações, diminuindo barreiras para a entrada de novos competidores.”

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.