Das 15 interessadas no leilão do 5G, dez não operam serviço móvel, diz Anatel

Na avaliação do superintendente de Competição da Anatel, Abraão Balbino, a quantidade de 15 propostas habilitadas para o leilão das frequências 5G é bastante positivo, o que atendeu a expectativa da agência sobre a procura de interessados no processo licitatório. O cenário também mostra que há outros atores interessados em ofertar serviços de telecomunicações.

Segundo Balbino, que é presidente da Comissão Especial de Licitação (CEL), das 15 empresas que se habilitaram para o certame, dez não ofertam serviços de telefonia móvel, o que demonstraria um grau elevado de competitividade no leilão e que pode se reverberar em mais agentes econômicos no mercado de telefonia móvel. "Isso é bastante positivo para nós. Isso é inédito e fantástico para a competição", afirmou Balbino.

Sobre os consórcios, o superintendente lembra que os editais sempre previram a conformação de consórcios, mas que somente após a análise dos documentos será possível saber com detalhes as composições que foram feitas para a disputa das faixas.

Notícias relacionadas

Lotes não arrematados

Balbino disse que as garantias tiveram um papel positivo no processo do leilão. "A gente vai ter visão geral sobre o que ficará vazio após a análise das garantias. Eu acho que elas somaram positivamente, pois tivemos 15 proponentes para o certame", afirmou.

Sobre possiblidade de lotes vazios, a Anatel não descartou qualquer cenário. "Se teremos lotes vazios, é fato que toda licitação sobra alguma coisa. Tanto é que sempre fazemos leilão de sobras. Sempre nos perguntaram por que estamos disponibilizando uma quantidade alta de frequência. Estamos disponibilizando o máximo possível para evitar uma escassez artificial de espectro".

No caso de possíveis lotes não serem arrematados, o presidente da CEL disse que outro processo será realizado, mas não se sabe sob quais condições, o que pode significar até preços mais baixos pela frequência ou outras obrigações.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.