Publicidade
Início Newsletter SpaceX confirma laser de comunicação intersatélite nos próximos artefatos da Starlink

SpaceX confirma laser de comunicação intersatélite nos próximos artefatos da Starlink

Foto: Divulgação

A SpaceX confirmou que todos os próximos satélites da constelação para oferta de conectividade Starlink serão equipados com lasers para transferência de dados entre si.

Segundo a COO da SpaceX, Gwynne Shotwell, os próximos elementos da frota da Starlink (que serão lançados dentro de três semanas) já vão contar com uma versão atualizada do recurso. As informações foram reveladas em participação de Shotwell em evento no Colorado (EUA).

Na ocasião, a executiva explicou que uma pausa nos lançamentos da constelação LEO foi realizada justamente para permitir ajustes finais nos terminais de laser, responsáveis pela comunicação intersatelital.

Notícias relacionadas

Uma versão da tecnologia já estava presente em 10 artefatos lançados pela SpaceX em janeiro, para cobertura em órbita polar. Na época, a previsão do fundador da empresa, Elon Musk, era da funcionalidade em todos os satélites a partir de 2022.

A possibilidade de satélites trocarem dados por meio de um feixe de laser entre terminais é encarada como um importante avanço. Com a tecnologia, a Space X pretende trafegar centenas de gigabytes de dados entre os elementos de sua constelação LEO, diminuindo também a dependência de redes terrestres.

A grande barreira para a adoção seria o custo. COO da SpaceX, Shotwell reconheceu que o recurso ainda é caro, mas alegou que a versão final trabalhada pela companhia já seria “muito mais barata” frente às alternativas. Ganhos de escala com o lançamento de múltiplos satélites e com o uso de foguetes reutilizáveis também ajudariam na equação, segundo a executiva.

Vale lembrar que a tecnologia atualmente empregada para fazer a gestão e coordenação dos satélites da companhia foi questionada por representante da concorrente Viasat. Na ocasião, a Anatel afirmou que poderia analisar se isso de fato estaria acontecendo. No Brasil, a SpaceX ainda não tem nem o direito de exploração de satélite estrangeiro associado às frequências correspondentes, nem a licença de SCM, mas as duas solicitações foram feitas à Anatel em maio e em junho. Apesar disso, a companhia já tenha aberto cadastro para interessados no início deste ano.

Evento

Na próxima semana, entre os dias 31 de agosto e 2 de setembro, a Glasberg Comunicações, com apoio da TELETIME, realiza o Congresso Latinoamericano de Satélites 2021. Mais uma vez, neste ano o evento será realizado online. Confira a programação clicando aqui. As inscrições podem ser feitas aqui.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sair da versão mobile