Fábio Faria viaja em mais uma etapa da Missão 5G para Coreia do Sul e Catar

Ministro das Comunicações, Fábio Faria, durante coletiva de imprensa sobre o edital do 5G

Mesmo com o leilão do 5G já encaminhado após a aprovação do edital no Tribunal de Contas da União, o ministro das Comunicações, Fábio Faria, voltará a fazer mais uma etapa da Missão 5G. Desta vez os destinos são a Coreia do Sul (Seul) e Catar (Doha), entre os dias 28 de agosto e 4 de setembro. 

Segundo anunciou o Ministério nesta sexta-feira, 27, a visita oficial será feita por uma comitiva – no momento, a pasta confirma apenas a presença do secretário de telecomunicações, Artur Coimbra. O objetivo é "conhecer as capacidades tecnológicas locais em 5G, discutir o fornecimento global de semicondutores (chips), dialogar com potenciais investidores em telecomunicações e fortalecer a cooperação em tecnologias de informação e comunicação". 

A viagem à Coreia foi discutida no último dia 17 de agosto com o embaixador Lim K-moo. Na ocasião, o ministro destacou o cenário da cadeia de fornecimento global de semicondutores.

Notícias relacionadas

Nas outras duas missões, Faria levou em sua comitiva não apenas assessores e secretários do MCom, mas também ministros do TCU, incluindo o relator do edital, Raimundo Carreiro. A primeira etapa, realizada em fevereiro, previa uma visita à Coreia do Sul, onde iria conhecer a sede da Samsung. No entanto, devido a um registro de caso de covid-19 na tripulação do avião do ministro, a visita foi abortada. 

Nessa Missão 5G do começo do ano, o ministro das Comunicações visitou as sedes da Ericsson na Suécia; da Nokia na Finlândia; da NEC e Fujitsu no Japão; e da Huawei em Shenzhen. A segunda viagem do tipo, já em junho, foi aos Estados Unidos, sobretudo Washington, onde tratou com autoridades e diretores do governo norte-americano. No último dia, foi realizada uma visita à Nova York, onde Faria conversou por teleconferência com executivos da Ericsson novamente. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.