Claro suspende chamadas da Transit após inadimplência em interconexão

A Claro suspendeu temporariamente a partir da segunda-feira, 26, as chamadas da Transit do Brasil que utilizavam a rede da tele. A suspensão ocorreu por conta da inadimplência de valores relacionados com o serviço de interconexão de redes e segue decisão emitida pela Anatel no ano passado.

Autorizada do Serviço Telefônico Fixo Comutado (STFC), a Transit era questionada pela Claro desde janeiro de 2017. Na ocasião, a operadora enviou reclamação administrativa à Anatel e afirmou que não era remunerada pelo serviço de interconexão desde outubro de 2015, somando R$ 385,6 mil em valores indevidamente retidos.

Mesmo com tentativas de conciliação realizadas pela reguladora, a situação não foi resolvida e culminou em decisão da superintendência de competição da agência, que determinou em setembro de 2018 o pagamento pela Transit de valores corrigidos para R$ 517,9 mil. O despacho também deu o direito da Claro suspender a interconexão com a rede da cliente caso a inadimplência fosse mantida.

Em fevereiro deste ano, a suspensão temporária das chamadas da Transit na rede da Claro chegou a ser anunciada pelas duas empresas, indicando que a situação seguia pendente. Neste final de semana, a Claro comunicou novamente que estava suspendendo o serviço; procurada, a empresa não informou se a prestação chegou a ser retomada no período entre os dois avisos. Já representantes da Transit não foram encontrados por este noticiário.

1 COMENTÁRIO

  1. Essa empresa criou uns 10 cnpjs diferentes para continuar vendendo os serviços em quanto isso uma fila de ex funcionários aguardam
    Na justiça para receber .. lamentável

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.