Rio Bravo adquire 1/3 da Abacomm

A Rio Bravo, através de um de seus fundos de private equity, adquiriu 1/3 da Abacomm, empresa especializada no desenvolvimento de aplicações corporativas no celular. Antes da operação, a Abacommn passou por um processo de due dilligence e de avaliação para definir o valor da empresa. Depois disso, a Rio Bravo entrou como sócia através de um aporte de capital que lhe garantiu um terço das ações da Abacomm. O valor do aporte não foi divulgado. Como exigência do novo sócio investidor, a Abacomm se tornou uma sociedade anônima: agora tem um conselho fiscal e passará a publicar balanço.
Na opinião do presidente da Abacomm, Kleber Meira, o mercado de desenvolvedores de aplicativos móveis passará por um processo de consolidação, o que pode vir a valorizar ainda mais sua empresa. O executivo aponta pelo menos três tipos de companhias que podem vir a se interessar na aquisição de desenvolvedores móveis no futuro: os grandes integradores de TI, os fabricantes de aparelhos celulares e as próprias operadoras de telefonia móvel.
A Abacomm foi fundada em 2003, mas só a partir do fim de 2005 passou a focar diretamente no desenvolvimento de aplicativos móveis. Hoje tem em sua carteira de clientes grandes corporações, como Avon, Souza Cruz e Casas Bahia.

Notícias relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.