Vivo escolhe Nokia para fornecer rede 4G privada para a Vale em Carajás

Tânia Rêgo/Agência Brasil

A Nokia fechou acordo com a Vivo para prover conectividade 4G para a Vale na mina dos Carajás, no Pará. Segundo divulgou a fornecedora finlandesa nesta segunda-feira, 27, a parceria é parte de um projeto de Indústria 4.0 da companhia mineradora para implantar caminhões e plataformas de perfuração autônomos com a promessa de aumentar a produtividade e melhorar a segurança dos trabalhadores. A parceria entre Vivo e a Vale, no valor de R$ 21 milhões, foi anunciada no final de 2019.

Embora a conectividade inicialmente seja disponibilizada em 4G, "há planos para migrar para o 5G no futuro". De acordo com as empresas, a Vale é a primeira operação de mineração a implantar uma rede LTE privada no Brasil. 

No projeto, os caminhões de minério autônomos mostraram trazer um aumento de produtividade de 15%, reduzindo custos de manutenção e consumo de combustível por 10%. A tecnologia LTE empregada para operar e controlar os veículos e máquinas é mais confiável do que a utilização de WiMax ou Wi-Fi, afirma a Nokia. 

Além dessa operação, a Vale opera 13 caminhões autônomos com rede WiMAX na mina de Brucutu, em Minas Gerais. A Nokia diz que a mineradora tem a "intenção de também substituir [essa rede] por uma rede LTE privada para melhor desempenho e confiabilidade". 

A companhia brasileira também estaria considerando aplicações de Internet das Coisas, conectando instrumentos de monitoramento de barragens usando o 4G. A fornecedora diz que a vantagem de usar a tecnologia de rede móvel privada é que torna possível ajuste de características de desempenho para cada aplicação individual, além de permitir uma plataforma única que cobre toda a mina que pode apoiar comunicações críticas. A Vale tem outra parceria em rede LTE privada, com a Trópico, para ferrovias.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.