Paquistão proíbe uso dos serviços BlackBerry a partir de novembro

O governo do Paquistão proibiu o uso dos serviços de mensagens instantâneas e servidores enterprise (BES) da BlackBerry.  Segundo o jornal britânico The Guardian, os serviços serão tirados do ar por "razões de segurança" em um avanço da administração de Karachi contra a privacidade.

A Pakistan Telecommunication Authority (PTA) informou às operadoras de telecomunicações na última sexta-feira, 27, que os serviços da companhia canadenses devem ser encerrados até 30 de novembro, afirmou um representante do órgão regulador ao veículo.

Os serviços de comunicação da BlackBerry usam forte criptografia, algo que dificultaria à agência de inteligência paquistanesa Inter-Service Intelligence (ISI) interceptar comunicações dos smartphones da marca. Um relatório da ONG Privacy International revela que a agência sediada em Islamabad tenta capturar todo o tráfego de IPs no Paquistão, entre outras iniciativas.

Em resposta ao jornal britânico, a empresa reconhece a necessidade de trabalhar com investigações governamentais e atividades criminosas, mas jamais permitiu acesso por completo aos servidores BES.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.